Transformar Sonhos em realidade

  04/03/2020

Mas um ano se foi e mais uma vez nos questionamos:  quanto de nossos sonhos fomos capazes de realizar? Terminei o último ano me sentindo um vencedor  por ter caminhado na direção dos meus sonhos?

Muitos de nós temos o hábito de fazer do último dia do ano o "Dia Nacional do Planejamento", montando listas do que realizarão no próximo ano, cursos a serem iniciados, desafios a serem cumpridos, a viagem inesquecível, entre outras coisas. No entanto a maior parte destes sonhadores deixam a sua lista guardada  e só lembram da mesma no próximo dia 31 de dezembro.

Infelizmente esta situação não é problema recente e muito menos específicos de nós brasileiros. No livro "O sucesso não ocorre por acaso", o Professor Lair Ribeiro apresenta uma pesquisa realizada na década de 70 com formandos da Universidade de Harvard nos USA, questionando quantos deles tinham registrado (entenda-se documentado, escrito) os sonhos ou objetivos para suas vidas. Naquela época, assim como hoje, apenas 3% dos formandos tinham documentados os seus objetivos de vida, tanto na esfera profissional, como pessoal e espiritual.

 

Se este for o seu caso, aproveito para informar que suas chances de sucesso em qualquer área  serão bem mais restritas, pois quando não há um grande sonho a ser alcançado, não seremos capazes de priorizar as ações mais importantes, e com isso, seremos dirigidos pela vontade daqueles que sonharam grande.

Voltando aos formandos de Harvard, durante 20 anos a instituição acompanhou a vida de seus ex-alunos  para avaliar o tamanho da influência que havia o ato de definir e registrar os seus sonhos. O resultado encontrado foi surpreendente em todos os aspectos, pois aqueles que tinham seus sonhos registrados apresentaram melhores resultados em todas as perspectivas avaliadas, mas a que mais chamou a atenção  foi a perspectiva financeira, pois aqueles 3% que tinham seus objetivos de vida documentados valiam mais financeiramente do que os outros 97%  somados.

Esta informação deve nos servir de  incentivo para que iniciemos  2020 de forma diferente, traçando um plano de vôo que envolva no mínimo 3 pontos importantes:

a.     Um grande sonho: Com relação a sonhos eu gosto da frase do bilionário Jorge Paulo Lemann: “Se sonhar grande dá o mesmo trabalho que sonhar pequeno, por que vou sonhar pequeno?”, portanto SONHE GRANDE.

b.     Transformar sonhos em metas: O primeiro passo para que o seu sonho se torne realidade é  torná-lo algo mensurável, palpável. Portanto não perca tempo, desdobre seus sonhos em metas de curto, médio e longo prazos. A diferença entre sonhos e metas, é que o sonho pode ser somente um sonho, mas uma meta é meio caminho andado para a realização do seu sonho.

c.      Agir, agir e agir: Defina ações que após serem implementadas resultarão nas metas definidas. O plano de ação é o mapa a ser seguido, é o GPS que te levara até o destino desejado.

Não desperdice mais tempo, sonhe grande, transforme seus sonhos em metas especificas e estabeleça ações para a concretização destes objetivos, e com certeza pelos próximos doze meses você experimentará a alegria de estar caminhando na direção de uma vida mais plena e com mais alegria.

Antonio Andrade


Voltar

Fale Conosco

Como podemos te ajudar?
contato@visioncg.com.br
(11) 93228 - 9381


Saiba mais
Logo ABT Log

CONTINUE NAVEGANDO

Sobre
Produtos
Treinamentos
Blog
Contato

CONTATE-NOS

+55 (11) 93228 - 9381

contato@visioncg.com.br

Copyrights © Vision Consulting. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Mpsoft Política de Privacidade | Termos de Uso